sexta-feira, 26 de maio de 2017

Formação em artesanato de folha de milho

O Centro Regional de Apoio ao Artesanato realiza de 29 de Maio a 3 de Junho um workshop de folha de milho.

Na próxima semana e em horário pós-laboral (das 19 às 22 horas), o Mercado municipal de Santa Cruz das Flores será espaço para ações de formação em folha de milho pela artesã micaelense Adelaide Costa.

A Hora do Ofício é um projeto formativo do Centro Regional de Apoio ao Artesanato que visa essencialmente promover e incentivar a transmissão do saber-fazer das atividades artesanais tradicionais dos Açores e ao mesmo tempo fomentar a inovação e criatividade na produção artesanal.

Face à necessidade de proteger e manter vivas algumas atividades e técnicas tradicionais que atualmente se encontram em risco de desaparecer, este projeto confia e apoia os mais talentosos e hábeis artesãos para dar formação a uma nova geração que dará continuidade ao legado cultural e que se quer dotada de conhecimentos, de espírito associativo e de aptidão pedagógica.

Neste contexto a Hora do Ofício abrange a realização de ações de formação em todo o arquipélago em áreas artesanais que valorizam as matérias-primas existentes em cada ilha, de entre as quais se destacam as flores em escama de peixe, cestaria em vimes, chapéus de palha, miolo de figueira, bordados, rendas, bonecas de folha de milho, tecelagem, cerâmica, entre muitas outras.

A cultura do milho foi introduzida nos Açores em meados do século XVII, tornando-se no século XIX a principal fonte de grãos comestíveis e de forragem em todo o arquipélago. Atualmente continua a assumir um lugar de destaque, uma vez que a sua cultura é a que mais explorações agrícolas envolve, estando diretamente ligada às explorações leiteiras. Encontra-se perfeitamente adaptada às condições climáticas do arquipélago, desenvolvendo o seu ciclo ao longo da Primavera e Verão.

A desfolha, ou seja a separação da espiga das folhas acontece no final de Setembro e/ou início de Outubro. As tradicionais desfolhadas eram atividades agrícolas bem patentes nas ilhas reunindo à sua volta novos e velhos, amigos e vizinhos, num alegre convívio. Da debulha do milho aproveitava-se tudo: a espiga, as folhas e até as barbas. O aproveitamento das folhas secas e das barbas deu origem às típicas bonecas de folhelho, de antigo entretenimento infantil e emblemáticas do artesanato regional.


Notícia: "sítio" da Câmara Municipal de Lajes das Flores.
Saudações florentinas!!

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Disparos na Esquadra em Santa Cruz

O Sindicato Nacional da Polícia diz que nos Açores cada vez mais se têm vindo a agravar as situações em que elementos da Polícia de Segurança Pública ficam sozinhos nas esquadras ou têm de encerrar a esquadra para se deslocarem a alguma ocorrência.

O último caso aconteceu na noite da passada segunda-feira na Esquadra de Santa Cruz das Flores, quando um agente da PSP teve de disparar um tiro para se defender de um homem que o atacou quando foi à esquadra para cumprir as apresentações obrigatórias, definidas como medida de coacção por um juiz.

O homem começou a agredir o agente da PSP, que estava sozinho de serviço na esquadra, e este teve de disparar a sua arma para se defender e afastar o agressor, que acabou dominado por um outro agente da PSP que se encontrava de folga.

Os vários disparos efetuados atingiram paredes e janelas.


Notícia: «Correio dos Açores» e «Correio da Manhã».
Saudações florentinas!!

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Bombeiros florentinos em destaque

Boa prestação das equipas de bombeiros açorianos no Campeonato Nacional de Trauma, salientando-se o empenhamento demonstrado por todos os participantes nesta competição.

Organizado no passado fim-de-semana na Figueira da Foz pela Associação Nacional de Salvamento e Desencarceramento, o Campeonato Nacional de Trauma foi composto por duas provas (a ‘standard’ e a complexa), cada uma com a duração de 10 minutos.

Na classificação geral, as equipas açorianas dos Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória classificaram-se no quarto e sétimo lugar, os Bombeiros Voluntários de Santa Cruz das Flores na oitava posição e os Bombeiros Voluntários do Nordeste em décimo terceiro lugar.

A equipa Cachalote, representando a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Santa Cruz das Flores, foi composta por Fabiano Costa, Mário Pacheco e Fábio Fontes.

"São presenças que colocam à prova a eficácia e a prontidão dos nossos corpos de bombeiros em situações limite, como o socorro a vítimas em caso de acidente ou catástrofe, mas que também demonstram a qualidade da formação que têm recebido", afirmou o secretário regional da Saúde.

Saudações florentinas!!

terça-feira, 23 de maio de 2017

Festival de música Primavera Rock

Sexta-feira e sábado irá decorrer, no Jardim municipal da vila das Lajes, o festival de música Primavera Rock.

Nos próximos dias 26 e 27 de Maio, o Jardim municipal da vila das Lajes receberá o festival de música Primavera Rock, organizado pelo Município de Lajes das Flores.

Este evento irá privilegiar a música rock com a vinda de duas bandas do exterior, os Rock It (do Faial) e os Pó de Palco (da Terceira), às quais se irão associar duas bandas florentinas: os K7 Pirata e os Full “K” Ords.

Para além da música, esta primeira edição do festival Primavera Rock terá um desfile do grupo motard 100 Stress, torneio de jogos tradicionais, chamarritas com o grupo folclórico e etnográfico da Associação Cultural Lajense, e no fim de cada noite haverá atuação de DJs.

A Câmara Municipal das Lajes convida toda a população a comparecer no festival de música Primavera Rock. Haverá as tradicionais barraquinhas com comes e bebes.


Notícia: "sítio" da Câmara Municipal de Lajes das Flores.
Saudações florentinas!!

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Quem tutela os trilhos na ilha das Flores?

Neste Dia Internacional da Biodiversidade, cujo tema este ano é Biodiversidade e Turismo Sustentável, a AmbiFlores lamenta o estado degradado em que se encontram os trilhos pedestres da ilha das Flores.

À excepção do trilho Miradouro das Lagoas - Poço do Bacalhau (PR3FLO), todos os restantes trilhos homologados da ilha das Flores encontram-se sem manutenção.

Numa ilha que recebe todos os anos cada vez mais turistas, e em que as grandes atrações são os seus trilhos e paisagens, é incompreensível que esta situação se verifique, sobretudo à entrada do Verão. A AmbiFlores - associação de defesa do ambiente da ilha das Flores apela por isso à reunião de esforços por parte das entidades responsáveis para que solucionem este problema sem mais demora. Para que os nossos turistas levem da ilha das Flores a melhor das imagens e recordações, ao invés de uma experiência de turismo de natureza de baixa qualidade.

A celebração do Dia Mundial da Biodiversidade, este ano sob o tema Biodiversidade e Turismo Sustentável, oferece uma oportunidade para aumentar a consciencialização e ação sobre o importante contributo do turismo sustentável para o crescimento económico e para a conservação e uso sustentável da biodiversidade. A biodiversidade, ao nível das espécies e dos ecossistemas, constitui uma base importante para muitos aspectos do turismo. Simultaneamente, um setor turístico bem gerido pode contribuir significativamente para reduzir as ameaças e manter ou aumentar a vida selvagem e os valores da biodiversidade através das receitas do turismo.

Saudações florentinas!!

domingo, 21 de maio de 2017

Minhocas é campeão da A.F. Horta

Neste fim-de-semana o Grupo Desportivo Os Minhocas sagrou-se campeão de futsal da Associação de Futebol da Horta em séniores. Após ter perdido no sábado por 5-3 com o Vitória Futebol Clube do Pico, a equipa florentina neste domingo venceu os picarotos por 4-2 no tempo regulamentar e sagrou-se campeão com vitória final por 6-3.

Na próxima época de futsal iremos então ter duas equipas da ilha das Flores na Série Açores da Segunda Divisão nacional: a estreia do Grupo Desportivo Os Minhocas e a quarta participação consecutiva do Grupo Desportivo Fazendense.

Saudações florentinas!!

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Detetada bactéria em lote de queijo

Foi detetada a presença da bactéria listéria num lote de queijo produzido pela Cooperativa Ocidental. Entretanto esse lote foi já retirado do mercado.

Análises de rotina realizadas pelo INOVA, no âmbito do programa de qualidade e controlo alimentar, detetaram a presença da bactéria listéria numa amostra de queijo transformado na Cooperativa Ocidental.

A amostra de queijo onde a bactéria foi detetada é de um lote composto por 241 unidades de um queijo de pasta mole com sabor a alho e salsa, 108 das quais já tinham sido vendidas. O Governo Regional foi informado da situação na passada sexta-feira (dia 12) e o produto já foi retirado do mercado.

A Direção Regional de Agricultura decidiu imediatamente "a suspensão da venda e recolha de todos os queijos que integram esse lote", bem como a implementação de procedimentos de higienização com o objetivo de "eliminar potenciais focos" da bactéria.

O Governo Regional determinou ainda a recolha de amostras nos diversos processos de tecnologia alimentar, desde a recepção da matéria-prima até à expedição do produto acabado, no sentido de eliminar o possível foco de contaminação.

Entretanto, uma equipa técnica da Direção Regional de Agricultura já se deslocou à ilha das Flores para acompanhar o processo in loco e apoiar a Cooperativa Ocidental na "resolução cabal e definitiva desta situação".

"Situações desta natureza são um indicador claro do bom funcionamento dos sistemas de controlo e acompanhamento das unidades de transformação de produtos agroalimentares na Região, garantindo assim a confiança e segurança alimentar dos consumidores", conclui o esclarecimento governativo.

O Governo Regional minimiza eventuais riscos para a saúde pública por via da venda de queijos contendo a presença da bactéria listéria, mas adianta que o Centro de Saúde das Flores já está em alerta para eventuais casos de contaminação que possam ser detetados nos consumidores.


Notícia: «Açoriano Oriental», TeleJornal da RTP Açores, TVI 24, «Correio da Manhã» e «Diário de Notícias».
Saudações florentinas!!

terça-feira, 16 de maio de 2017

Marinha testou sistema de comunicações de socorro e segurança marítima

Na semana passada, a corveta NRP Jacinto Cândido realizou testes de cobertura rádio ao novo sistema de comunicações de socorro e segurança marítima.

A Marinha adianta que o sistema DSC estabelece "a arquitetura de comunicações necessária para as operações de busca e salvamento marítimo e de segurança marítima".

A utilização deste sistema, instalado recentemente na estação costeira da ilha das Flores situada no Morro Alto, permite a transmissão digital de mensagens pré-formatadas de socorro.

Nos passados dias 10 e 11 foram realizados cerca de cem testes de cobertura rádio, tendo sido percorridos 640 quilómetros em torno da ilha das Flores, que permitiram validar a operacionalidade e o alcance rádio planeado para esta estação costeira.


Notícia: jornal «Açoriano Oriental».
Saudações florentinas!!

domingo, 14 de maio de 2017

Participação da EBS Flores no CanSat

A exploração espacial pode começar cedo na vida e exemplo disso é a competição CanSat que no passado fim-de-semana decorreu na ilha de Santa Maria.

Há uma missão espacial a ser cumprida. Uma vedação separa a pista que vai lançar 15 satélites espaciais do tamanho de latas de refrigerante. E nem há tempo para testes. As nuvens e os ventos fazem prever mau tempo em Santa Maria e pode deitar abaixo toda a missão. Por isso, os cinco lançamentos têm de acontecer já.

O cenário é mesmo como fosse uma pista de lançamento de satélites. A pista de aviões da ilha de Santa Maria, onde também há uma estação de rastreio de satélites da Agência Espacial Europeia, é o sítio escolhido para a quarta edição nacional da competição CanSat (lata + satélite). Os quinze grupos (de 75 alunos e 15 professores) de 14 escolas do ensino secundário levam computadores, antenas e a esperança de que o trabalho de muitas horas não seja um falhanço.

Há uma aberta no tempo e chega a vez do lançamento da Escola Básica e Secundária das Flores. A AzoreX, nome inspirado na empresa aeroespacial SpaceX, tem uma missão específica: o seu satélite tem lá dentro um rover, que sai da lata, e uma pequena turbina para indagarem, imaginam os alunos, se o planeta Trappist -1e, num sistema de sete planetas descoberto há pouco tempo a 39 anos-luz da Terra, tem condições para aproveitar energias renováveis.

“Gostávamos de investigar as movimentações das massas do ar e da temperatura para colocar uma estação eólica ou solar”, diz Teresa Moreiras, de 17 anos. “Não é assim tão impossível. Até já se fala em turismo espacial.” Além disso, gosta de observar o céu dos Açores: “Percebemos que somos tão pequeninos!” O que Teresa Moreiras quer mesmo seguir é Direito, nem que seja direito espacial.


Notícia: jornal «Público».
Saudações florentinas!!

sábado, 13 de maio de 2017

«Brumas e Escarpas» #124

A Fajã Grande pertenceu ao concelho de Santa Cruz

Em 1895 foi extinto o concelho das Lajes, pelo que a Fajã Grande assim como as restantes freguesias deste concelho passaram a integrar o de Santa Cruz. Em tempos idos, antes da criação da freguesia da Fajã Grande, o lugar da Ponta pertencente à freguesia de Ponta Delgada também estivera na dependência daquele concelho.

Na verdade já em 1869, o celebérrimo Governador Santa Rita opinava que "a ilha das Flores não comporta a existência de dous municipios, e que, no caso da ilha do Corvo, uma administração parochial é quanto basta àquelles povos". A profecia havia de cumprir-se, até porque, quatro anos depois, a própria Câmara de Santa Cruz propunha a extinção do concelho das Lajes.

De facto, a extinção do concelho a que sempre pertenceu a Fajã Grande aconteceu em 1895, pelo decreto de 18 de Novembro, publicado no Diário do Governo do dia seguinte, que suprimiu, entre outros, os concelhos de Lajes das Flores e do Corvo. Cuida-se que esta decisão terá sido influenciada pelo pedido que, na verdade, a Câmara Municipal de Santa Cruz, na época, sob a tutela de membros do Partido Regenerador, dirigiu ao Governo visando a supressão do concelho vizinho.

Mas não durou muito o tempo em que os habitantes da Fajã Grande para tratar dos seus assuntos relacionados com a edilidade rumaram a Santa Cruz, uma vez que o poder político em Portugal mudou de partido e a 13 de Janeiro de 1898 foram restaurados os concelhos anteriormente destituídos, incluindo o das Lajes das Flores. A Fajã Grande voltou a integrar o seu concelho de origem, pese embora conste que a população da Fajã Grande manifestou interesse em continuar a integrar o concelho de Santa Cruz, uma vez que a deslocação àquela vila, realizada pela subida da rocha e depois por um caminho existente no interior da vila, se tornava mais fácil do que o trajeto que tinham que percorrer para se deslocarem às Lajes, obstaculizado sobretudo pela travessia da Ribeira Grande, sem ponte e, por vezes, com um caudal intransponível.


Carlos Fagundes

Este artigo foi (originalmente) publicado no «Pico da Vigia».

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Voltou a DHV nos coelhos das Flores?

O deputado florentino João Paulo Corvelo teme que a Doença Hemorrágica Viral do coelho-bravo possa ter ressurgido na ilha das Flores, devido ao aparecimento de animais mortos em terrenos agrícolas.

Em requerimento entregue na Assembleia Regional, o deputado João Paulo Corvelo refere que "neste primeiro semestre de 2017 voltou-se a verificar a ocorrência de bastantes cadáveres de coelhos-bravos em terrenos agrícolas na ilha das Flores, o que tem levado os agricultores a questionar se estaremos perante um novo surto de Doença Hemorrágica Viral (DHV)".

O deputado florentino lembra que "entre o final de 2014 e o segundo semestre de 2015, a ilha das Flores foi assolada por uma imensa mortandade na população de coelho-bravo por via do surto da DHV; terá sido mesmo nas Flores que o surto de DHV foi mais forte em toda a Região, levando a uma enorme redução da densidade da população de coelho-bravo".

Considerando que uma atempada estratégia sanitária é a melhor forma de conter a disseminação de um eventual surto contagioso como é a DHV nos coelhos-bravos, o deputado florentino João Paulo Corvelo questiona o Governo Regional se está a ocorrer um novo surto de Doença Hemorrágica Viral na ilha das Flores?

João Paulo Corvelo questiona ainda se o Governo Regional tem uma estratégia concreta para o repovoamento e recuperação demográfica da população de coelho-bravo na ilha das Flores.


Notícia: RDP Antena 1 Açores e jornal «Diário Insular».
Saudações florentinas!!

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Festival da Canção Infantil 2017

No passado domingo decorreu no Auditório municipal de Santa Cruz a décima sexta edição do Festival da Canção Infantil da ilha das Flores, que contou com a participação de dez crianças.

Organizado pelo Agrupamento de Escuteiros 691, este evento pretende estimular a criação artística e o gosto pela música no público infantil, bem como incentivar o surgimento de novos talentos e fortalecer os laços culturais entre as crianças concorrentes e a comunidade.

Este ano a vencedora do Festival da Canção Infantil da ilha das Flores foi Rafaela Leal, com a música "Cântico à Paz" da autoria de Carlos Leal. Em segundo lugar ficou Margarida Caetano, com a canção "Um sonho de encantar", letra de Rebeca Silva e música de Helena Botelho.

As vencedoras vão representar a ilha das Flores nos festivais da canção infantil Baleia de Marfim (na ilha do Pico) e Sol Menor (na ilha Terceira).


Notícia: «TeleJornal» da RTP Açores e "sítio" da CMSCF.
Saudações florentinas!!

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Lajes irá ter incubadora de empresas

A Câmara Municipal de Lajes das Flores abriu recentemente concurso público para a construção de uma incubadora de empresas na Rua João Maurício, na vila das Lajes.

Esta empreitada foi lançada com valor base na ordem dos 520 mil euros e com prazo de execução de 18 meses. Esta é uma obra que está candidatada ao programa Açores 2020, e cujo início da empreitada está condicionado à aprovação desta candidatura.

Com a construção desta obra o Município das Lajes passa a ter disponível um espaço onde se poderão instalar empreendedores que queiram iniciar atividade económica no concelho mais ocidental da Europa, bem como poderá igualmente servir de sede da Associação Cultural Lajense.


Notícia: "sítio" da Câmara Municipal de Lajes das Flores.
Saudações florentinas!!

domingo, 7 de maio de 2017

Açores: mais belas paisagens da Europa

O influente "sítio" European Best Destinations sugere aos seus leitores uma visita à “beleza selvagem dos Açores”, entre as várias viagens que escolheu para este ano.

Os prémios da European Best Destinations continuam a chegar a Portugal: desta vez foram eleitas as melhores paisagens da Europa, e os Açores encontram-se em primeiro lugar. O Vale do Douro também está na lista, na décima primeira posição.

Para a European Best Destinations, os Açores são um “grupo de nove ilhas vulcânicas que oferecem paisagens de cortar a respiração. É um destino perfeito para os amantes da Natureza e de caminhadas. No meio do oceano Atlântico, a mais de 1400 quilómetros da Europa continental estão os Açores”.

O "sítio" European Best Destinations recomenda visitar os Açores no período entre Abril e Setembro.


Notícia: «Diário dos Açores» e suplemento «Fugas» do Público.
Saudações florentinas!!

sábado, 6 de maio de 2017

Tolerância de ponto pela visita do Papa

O presidente do Governo Regional "vai conceder tolerância de ponto aos trabalhadores da administração pública regional" no próximo dia 12, por ocasião da visita do papa Francisco a Portugal.

No despacho para a concessão de tolerância de ponto na Região, Vasco Cordeiro lembra idêntica decisão "aquando de anteriores visitas papais ao país, nomeadamente nos casos das visitas de João Paulo II e Bento XVI".

"Entende-se justificado e adequado criar as condições que permitam aos açorianos que assim o entenderem deslocarem-se a Fátima para participarem nessas celebrações", lê-se no despacho do presidente do Governo Regional.


Notícia: «Açoriano Oriental», RTP Açores, «Observador» e o inestimável "serviço informativo" do GaCS [Gabinete de apoio à Comunicação Social, da Presidência do Governo Regional dos Açores].
Saudações florentinas!!

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Escola das Flores vai participar no CanSat

São três dias de competição com tecnologia de ponta para selecionar o projeto nacional que vai participar na edição europeia do CanSat deste ano.

A ilha de Santa Maria recebe este fim-de-semana a edição nacional do concurso CanSat 2017, promovido pela Agência Espacial Europeia. Durante três dias, noventa alunos e professores de quinze escolas de Portugal vão mostrar o que melhor sabem fazer em tecnologia aplicada a micro-satélites, assim selecionando o projeto que irá representar Portugal na edição europeia do CanSat.

Esta competição é para alguns alunos uma primeira abordagem que têm para a realização de um projeto, principalmente na área espacial, dando-lhes competências em engenharia, programação e trabalhar em grupo executando um projeto do princípio ao fim.

Os estudantes são desafiados a fazer micro-satélites do tamanho de uma lata de refrigerante, que depois são lançados de uma altura de mil metros. Têm duas missões a cumprir: uma comum a todas as equipas (medir e transmitir a humidade, temperatura e pressão a diferentes altitudes) e a outra depende da criatividade de cada equipa.

Pelo terceiro ano consecutivo a Escola Secundária das Flores participa no concurso CanSat, sendo mesmo uma das duas únicas equipas dos Açores a participar este ano na edição de nível nacional. Boa sorte aos alunos florentinos Henrique Freitas, Raquel Moreiras, Joana Moreira e Francisco Freitas.


Notícia: «TeleJornal» da RTP Açores.
Saudações florentinas!!

quarta-feira, 3 de maio de 2017

CDEF é campeão regional de voleibol

Em mais uma brilhante prestação, a equipa do Clube Desportivo Escolar das Flores (CDEF) sagrou-se campeã regional de voleibol no escalão de juvenis masculinos.

Nos dois jogos da final do Campeonato Regional de juvenis masculinos, os jovens voleibolistas florentinos levaram de vencida a equipa micaelense da Associação dos Antigos Alunos.

Para a posteridade aqui ficam os nomes dos novos campeões regionais: Pedro Lopes, Francisco Freitas, Samuel Santos, Alexandre Fontes, Bernardo Nóia, Rodrigo Jardim, Bernardo Mendonça, Wilson Peixe, Henrique Silveira, Rui Perpétua e Rui Oliveira. E ainda o treinador Marco Melo e o coordenador João Quaresma. Parabéns a todos!

A equipa de juvenis masculinos do CDEF assegurou assim a participação na fase final do Campeonato Nacional, em representação dos Açores como campeão regional. Esta competição nacional irá decorrer de 19 a 21 de Maio em Esmoriz.

Saudações florentinas!!

terça-feira, 2 de maio de 2017

Visita estatutária do Governo Regional

Deverá ter início hoje a meio da tarde a visita estatutária do Governo Regional à ilha das Flores, durante a qual Vasco Cordeiro irá presidir à assinatura do contrato para a empreitada de beneficiação do Centro de Saúde.

Nesta deslocação às ilhas ocidentais, o Governo Regional como é habitual vai reunir com o Conselho de Ilha das Flores e receber a população florentina que pretenda colocar as suas questões diretamente aos membros do Executivo, numa iniciativa que se insere na política de proximidade com os açorianos.

Na ilha das Flores, Vasco Cordeiro irá visitar as obras de requalificação do Porto das Poças, que incluem a construção de um novo molhe de proteção, assim como os trabalhos de beneficiação do Quartel dos Bombeiros Voluntários.

A consignação da intervenção nos circuitos logísticos terrestres, a inauguração dos miradouros da Fajãzinha e da Rocha dos Bordões e a autorização de mais de uma dezena de apoios à recuperação de habitação degradada são algumas das iniciativas integradas no programa da vista do Governo Regional.

O programa desta visita estatutária inclui, como habitualmente, visitas dos membros do Governo Regional a investimentos em curso na ilha das Flores, assim como reuniões com diversas entidades florentinas.


Notícia: «Açoriano Oriental», «Diário de Notícias» e o inestimável "serviço informativo" do GaCS [Gabinete de apoio à Comunicação Social, da Presidência do Governo Regional dos Açores].
Saudações florentinas!!

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Sismo 5,3 a nordeste da ilha do Corvo

Um sismo de magnitude 5,3 na escala de Richter foi registado ao início da tarde de hoje com epicentro a cerca de 480 quilómetros a norte-nordeste do Corvo.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera adiantou que “foi registado nas estações da Rede Sísmica Nacional, um sismo de magnitude 5,3 e cujo epicentro se localizou a cerca de 480 quilómetros a Norte-Nordeste da ilha do Corvo”, acrescentando que não fora ainda “recebida nenhuma informação confirmando que este sismo tenha sido sentido pela população”.

O Serviço de Proteção Civil dos Açores disse não ter registo de qualquer ocorrência.


Notícia: «Açoriano Oriental» e «Jornal de Notícias».
Saudações florentinas!!